Browsing Tag

umectação

    Cabelo

    Óleo de rícino funciona para fazer o cabelo crescer?

    6 de setembro de 2016

    Famoso por tratar espinhas, hidratar o cabelo, ajudar no crescimento dos fios, ser anti-inflamatório e mais, o óleo de rícino cada dia que passa se torna o queridinho de muitos amantes de tratamentos de beleza in natura. Vamos descobrir tudo sobre o óleo de rícino?

    Após ler bastante sobre o produto, resolvi compartilhar com vocês minha opinião e a verdade sobre seus benefícios. 🙂

    Afinal, o que é o óleo de rícino?

    Extraído diretamente da sementa da mamona, o óleo de rícino corresponde a aproximadamente 50% do total da semente. 

    Um detalhe importante que vale ressaltar, é que o óleo de rícino não é tóxico como as sementes de mamona, pois a substância tóxica da mamona, a ricina, não é solúvel em óleo, sendo separada durante o processo de extração. Tornando o seu uso, seguro.

    A mamoeira é uma planta que se desenvolve em inúmeras regiões do Brasil, principalmente na Bahia e no Ceará, não se sabe ao certo a origem dessa planta. Mas há histórias de que ela já era utilizada há milhares de anos no Egito e na Índia. 

    O óleo de rícino é extraído das sementes de mamona, que é uma planta muito comum e abundante no Brasil. Cada semente desta planta possui entre 40 e 50% de óleo de rícino, é preciso tomar cuidado, pois a semente da mamona pode ser tóxica. E este óleo é extremamente benéfico, trazendo resultados revigorantes, rejuvenescedores e complementadores.

    O óleo de rícino auxilia no crescimento capilar de cabelos quebradiços, ressecados, danificados e até mesmo ajuda a combater a caspa.

    20130417csrcsrsoc_5

    E não pense que esse famoso óleo é só usado no mundo da beleza, o óleo de rícino é composto por 95% de ácido ricinoleico, o que confere suas aplicações e diversos benefícios, o restante é dado pelos ácidos linoleico, oleico e palmítico. 

    Industrialmente, o óleo de rícino é utilizado na fabricação de tintas, vernizes, plásticos, colas, como matéria-prima de náilon e lubrificantes, pois é estável tanto em baixas como em altas temperaturas, e pode ser utilizado em compressores, transformadores e também na formulação de lubrificantes biodegradáveis.


    Quais são os benefícios do óleo de rícino?

    O óleo de rícino possui inúmeros benefícios maravilhosos tanto para saúde, quanto para cabelo e pele… Olha só alguns dessas maravilhas que ele proporciona:

    • Ajuda com problemas intestinais.
    •  Infecções por algumas bactérias e fungos.
    •  Problemas de regulação menstrual.
    • Auxilia no melhor funcionamento gastrointestinal.
    • Combate a acne.
    • Auxilia a diminuir a enxaqueca.
    • Minimiza os problemas ocasionados por queimaduras de sol.
    • Auxilia no cuidado de inflamações.
    • Ajuda no fortalecimento dos fios.
    • Ajuda no combate a queda dos cabelos.
    • Ajuda a combater a quebra do fios.
    • Contém vários nutrientes como a vitamina E, minerais e vitaminas que auxiliam no crescimento mais rápido do cabelo.
    • Auxilia na melhor circulação no couro cabeludo.
    • É ótimo para quem tem pele seca e combate a coceira no couro cabeludo.
    • É bom para quem sofre com a calvície e alopécia.
    • Se for usado direto na raiz ajuda a diminuir a caspa.
    • É um ótimo hidratante e ajuda a recuperar os fios profundamente.
    • Ajuda a encorpar os fios e deixar o cabelo menos ralo.
    • Proporciona brilho ao cabelo e ainda sela as cutículas da fibra do cabelo.

    PRINCIPAIS BENEFÍCIOS

    HIDRATAR A PELE

    O óleo de mamona é rico em ácido ricinoleico, um ácido graxo monoinsaturado. Esses tipos de gorduras atuam como umectantes e podem ser usados ​​para hidratar a pele. Os umectantes retêm a umidade evitando a perda de água através da camada externa da pele.

    É rapidamente absorvido, estimulando a produção de colágeno, o que reduz rugas e estrias. Tem propriedades emolientes e umectantes que auxiliam na hidratação, elasticidade e maciez da pele.

    CICATRIZAÇÃO DE FERIDAS

    Usar o óleo de rícino em feridas confere umidade à pele, melhorando o processo da cura. O óleo de mamona estimula o crescimento do tecido, e ainda protege a mucosa, pois cria uma barreira entre a ferida e o ambiente, diminuindo o risco de infecção.

    Também reduz a secura e a cornificação, o acúmulo de células mortas da pele que podem retardar a cicatrização de feridas. As pomadas contendo óleo de rícino ajudam na cicatrização de escaras, um tipo de ferida que se desenvolve a partir de uma pressão prolongada na pele.

    ANTI-INFLAMATÓRIO TÓPICO

    O principal ácido graxo encontrado no óleo de rícino, é o ácido ricinoleico, e ele possui propriedades anti-inflamatórias impressionantes. Estudos têm demonstrado que, quando o óleo de rícino é aplicado topicamente, ele reduz a inflamação e alivia a dor.

    As propriedades analgésicas e anti-inflamatórias do óleo de rícino podem ser particularmente úteis para quem possui doenças inflamatórias, como artrite reumatoide, psoríase e acne.

    DIMINUI AS ESPINHAS

    A acne é uma doença de pele super comum que gera pus e protuberâncias dolorosas no rosto e no corpo. É mais comum em adolescentes e adultos jovens e pode impactar negativamente a auto-estima. Eu sofro disso e sei quão horrível é.

    óleo de rícino tem propriedades antimicrobianas que podem ajudar a combater o crescimento bacteriano, quando aplicado na pele. Um estudo em tubo de ensaio revelou que o extrato de óleo de rícino apresentou considerável poder bactericida, inibindo o crescimento de várias bactérias, incluindo Staphylococcus aureus.

    SAÚDE DO COURO CABELUDO

    Ele é ótimo para aplicar em cabelos secos, pois ajuda a lubrificar a haste capilar, aumentando a flexibilidade e diminuindo as chances de quebra.

    Devido às suas propriedades anti-inflamatórias e hidratantes, o óleo de rícino também pode ser um tratamento eficaz para a caspa causada por dermatite seborreica e descamação.

    Ele também ajuda no fortalecimento do couro cabeludo e no crescimento dos fios. Como apresenta propriedades antibacterianas e antifúngicas, devido à elevada composição de ácido ricinoleico, o óleo de rícino combate infecções e o crescimento de bactérias e fungos que poderiam impedir o crescimento capilar.

     


    Como usar o óleo de rícino no cabelo?

    Existe inúmeras maneiras de realizar a nutrição com o óleo de rícino, mas vou mostrar passo a passo das duas melhores formas para você poder fazer em sua casa!

     Umectação

    • Com os cabelos secos, divida-o em várias partes e comece a aplicação do óleo a partir do couro cabeludo. Pode ser com um pincel (daqueles que usamos para pintar os fios) ou com as próprias mãos.
    • Faça alguns movimentos circulares com os dedos no couro cabeludo após a aplicação. Isso faz com que aumente a circulação sanguínea do local, consequentemente irá melhorar o crescimento dos fios.
    • Depois de aplicar o óleo em todo o couro cabeludo, passe para os fios. Aplique em toda a extensão dos fios. Coloque o cabelo em uma touca térmica, e deixe agir por algumas horas. Depois, é só lavar normalmente com o seu shampoo e condicionador.

    Nutrição

    • Lave os fios com um shampoo transparente para que os fios fiquem bem limpos.
    • Coloque 1 colher de sobremesa do Óleo de Rícino junto a 2 colheres de sopa de uma máscara á base de óleo.
    • Misture e aplique nos fios, massageando mecha por mecha.
    • Coloque o cabelo em uma touca términa e deixe agir por 20 minutos. Enxague e retire todo o produtos dos fios.

    Couro Cabeludo

    • Esfregue o óleo de rícino nas mãos, massageie o couro por cinco minutos e deixe agir nos cabelos por mais alguns minutos.
    • Massagear o couro ativa a circulação e ajuda a estimular o crescimento por causa da presença de ácido linoleico (ômega 6), que fortalece e nutri os fios.
    • Você pode aplicá-lo de duas a três vezes por semana, usando continuamente por um período de tempo prolongado. Os resultados aparecem após alguns meses de tratamento.

    Onde encontrar o óleo de rícino?

    Você encontra o óleo em farmácias, lojas de produtos naturais. Qualquer marca você pode comprar, mas preste atenção no tipo de óleo.

    Escolha sempre um óleo do tipo vegetal e nunca o mineral.

    oleo-de-ricino

    Espero que gostem dessa dica boa e barata!

    Beijos, Nina

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.