Óleo de rícino funciona para fazer o cabelo crescer?

Atualizado em por

Recentemente andei lendo sobre tratamentos naturais para o cabelo, e um óleo que apareceu em diversas matérias lidas, foi o famoso óleo de Rícino. Eu já tinha ouvido falar, mas nunca tinha aprofundado no assunto.

Após ler bastante sobre o produto, resolvi compartilhar com vocês minha opinião e a verdade sobre seus benefícios. 🙂

Oleo

O que é o óleo de rícino?

O óleo de rícino é extraído das sementes de mamona, que é uma planta muito comum e abundante no Brasil.

Cada semente desta planta possui entre 40 e 50% de óleo de rícino, é preciso tomar cuidado, pois a semente da mamona pode ser tóxica.

Este óleo é extremamente benéfico, trazendo resultados revigorantes, rejuvenescedores e complementadores.

Auxilia no crescimento capilar de cabelos quebradiços, ressecados, danificados e até mesmo ajuda a combater a caspa.

20130417csrcsrsoc_5

Quais são os benefícios do óleo de rícino?

Alguns dos benefícios do óleo de rícino são:

  • Problemas intestinais, como a constipação.
  •  Infecções por algumas bactérias e fungos.
  •  Problemas de regulação menstrual.
  • Auxilia no melhor funcionamento gastrointestinal.
  • Combate a acne.
  • Auxilia a diminuir a enxaqueca.
  • Minimiza os problemas ocasionados por queimaduras de sol.
  • Auxilia no cuidado de Inflamações.
  • Ajuda no fortalecimento dos fios.
  • Ajuda no combate a queda dos cabelos.
  • Ajuda a combater a quebra do fios.
  • Contém vários nutrientes como a vitamina E, minerais e vitaminas que auxiliam no crescimento mais rápido do cabelo.
  • Auxilia na melhor circulação no couro cabeludo.
  • É ótimo para quem tem pele seca e combate a coceira no couro cabeludo.
  • É bom para quem sofre com a calvície e alopécia.
  • Se for usado direto na raiz ajuda a diminuir a caspa.
  • É um ótimo hidratante e ajuda a recuperar os fios profundamente.
  • Ajuda a encorpar os fios e deixar o cabelo menos ralo.
  • Proporciona brilho ao cabelo e ainda sela as cutículas da fibra do cabelo.

óleo_de_rícino

Além disso, com o seu uso diário, trás inúmeros benefícios para a pele.

Ele proporciona uma pele mais macia e lisa se aplicado de forma correta. Uma vez que ele penetra na pele, ajuda na estimulação de colágeno e elastina.
Esse processo também combate os radicais livres, rugas e linhas de expressão.

O óleo de rícino pode ser utilizado por todo o corpo, uma vez que ele é um produto natural.

Como usar o óleo de rícino no cabelo?

Existe inúmeras maneiras de realizar a nutrição com o óleo de rícino, mas vou mostrar passo a passo das duas melhores formas para você poder fazer em sua casa!

1- Umectação

  • Com os cabelos secos, divida-o em várias partes e comece a aplicação do óleo a partir do couro cabeludo. Pode ser com um pincel (daqueles que usamos para pintar os fios) ou com as próprias mãos.
  • Faça alguns movimentos circulares com os dedos no couro cabeludo após a aplicação. Isso faz com que aumente a circulação sanguínea do local, consequentemente irá melhorar o crescimento dos fios.
  • Depois de aplicar o óleo em todo o couro cabeludo, passe para os fios. Aplique em toda a extensão dos fios. Coloque o cabelo em uma touca térmica, e deixe agir por algumas horas. Depois, é só lavar normalmente com o seu shampoo e condicionador.

Nutrição

  • Lave os fios com um shampoo transparente para que os fios fiquem bem limpos.
  • Coloque 1 colher de sobremesa do Óleo de Rícino junto a 2 colheres de sopa de uma máscara á base de óleo.
  • Misture e aplique nos fios, massageando mecha por mecha.
  • Coloque o cabelo em uma touca términa e deixe agir por 20 minutos. Enxague e retire todo o produtos dos fios.

mascaras-nutricao-chatfeminino mascaras-nutricao-chatfeminino2*Fotos da internet


Onde encontrar o óleo de rícino?

Você encontra o óleo em farmácias, lojas de produtos naturais. Qualquer marca você pode comprar, mas preste atenção no tipo de óleo.

Escolha sempre um óleo do tipo vegetal e nunca o mineral.

oleo-de-ricino

Espero que gostem dessa dica boa e barata!

Beijos, Nina

Gostou do post? Inscreva-se!


1 comentário

O que achou do post? Deixe um comentário aqui embaixo!