Arquitetura

GRANILLITE vs TERRAZZO: Qual a diferença entre eles? Conheça essa tendência de 2020

18 de junho de 2020

Tendência de uns anos para cá, o revestimento granillite não tem nada de novo, com toda certeza você já viu esse revestimento em casas mais antigas, bancadas de shopping ou até mesmo, na casa dos seus avós.

Esse acabamento foi bastante usado há algumas décadas, e que agora está em alta e tem sido uma opção bastante frequente em projetos modernos e com muita personalidade. Saiba quais são as vantagens e como usá-los para valorizar os ambientes.

Afinal, qual é a diferença entre o Granillite e Terrazzo?

Na verdade Terrazzo é o nome que os gringos usam e agora, vem sendo usado também por alguns arquitetos brasileiros, para se referir ao granilite feito com resina epóxi no lugar do cimento.

Um dos principais pontos que ocasionou o sucesso da releitura desse revestimento, é por causa de resultado visual. Os grânulos possuem infinitas possibilidades de combinações de cores e tamanhos. Por isso muitas empresas tem investido nesse tipo de estampa para objetos decorativos, tecidos, papel de parede, etc.

O que é Granillite?

O granillite é feito a partir de uma mistura que contem: Cimento branco ou comum, areia,  água e pedras de diferentes tamanhos como granito, mármore, quartzo e até vidro.

Com inúmeras cores e textura, ele pode ser encontrado em sua versão polida, que costuma ser muito usada para os interiores, ou fulgê, onde as irregularidades dos grânulos são mantidas, garantindo uma superfície áspera e antiderrapante, ideal para áreas externas.

As cores e desenhos do granillite costumam variar muito, se tornando peças únicas. Justamente por esse motivo, a infinidade de possibilidades, podem se adaptar bem a qualquer estilo de projeto.

Para ser moldado, a equipe de fornecedores do granillite executa o produto em obra e imediatamente o aplica na superfície desejada! O granilite é um tipo de revestimento moldado in loco, e é importante esclarecer que, apesar de ser uma massa instalada in loco ela não é capaz de corrigir qualquer imperfeição existente na camada niveladora.

PREÇO DO GRANILLITE

O custo do granillite não costuma ser um dos mais baratos, ele pode variar muito de acordo com o valor de mão de obra e, principalmente a escolha das pedras, mas em média o preço é em torno de R$ 56 m².


Quais são os benefícios do Granillite?

DURABILIDADE: Durabilidade é o segundo nome desse acabamento. Uma vez que a mistura de cimento com pedras, o torna bastante resistente e isso faz com que o granilite seja uma opção que dura por décadas, por isso é tão comum ver esse acabamento presente nas casas mais antigas.

RESISTÊNCIA: Essa mistura garante muita resistência a água e abrasão, e esse ponto positivo permite usar o material em diversas propostas, uma vez que pode ser mais resistente que as tradicionais pedras naturais, principalmente para cozinhas e banheiros.

VERSATILIDADE: O granillite tem se tornado tendência por conta de seu estilo e diferentes possibilidades de uso, você consegue ter um resultado mais clean ou mais colorido, de acordo com a quantidade de pedras, tamanho e cores das mesmas.


Quais são as desvantagens do Granillite?

Como qualquer outro material, o granilite também apresenta alguns pontos negativos, entre eles são:

FISSURAS: Como essa mistura é feita à base de cimento, água e areia, com o tempo e a dilatação do material, podem vir a ocorrer pequenos trincos e fissuras, assim como pisos de concreto e cimento queimado.

PADRONIZAÇÃO: Para os perfeccionistas de plantão, e gosta de uma total uniformidade, o granilite pode ser um ponto negativo. Como a mistura é preparada na obra com um mix de pedras diferentes, pode haver variação no tom e na distribuição das pedras, não ficando totalmente uniforme.

CUSTO BENEFÍCIO: Mesmo usando cacos de pedras e ser uma opção mais barata que muitos acabamentos, o custo pode ficar elevado em relação a mão de obra, que precisa ser especializada para aplicação e distribuição do granilite.

Espero que gostem do post!

SIGAM MEU PERFIL PROFISSIONAL DE ARQUITETAROCA ARQUITETURA!

Publicações relacionadas

Sem comentários

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.